Início » Premiê da Itália afirma que caso sobre russo que fugiu de Milão será esclarecido

Premiê da Itália afirma que caso sobre russo que fugiu de Milão será esclarecido

17 de abril de 2023 - Por Comunità Italiana
Premiê da Itália afirma que caso sobre russo que fugiu de Milão será esclarecido

A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, disse no último sábado (15) que o caso envolvendo o empresário e filho de um governador russo, Artem Uss Aleksandrovich, que fugiu da residência em Milão onde cumpria prisão domiciliar para evitar a extradição para os Estados Unidos por suposto contrabando, será esclarecido.

Em entrevista coletiva na Etiópia, Meloni garantiu que apoiava a decisão do ministro da Justiça, Carlo Nordio, de enviar inspetores para verificar por qual motivo Uss Aleksandrovich havia sido transferido da prisão preventiva para a domiciliar.

O russo de 40 anos rompeu a tornozeleira eletrônica para poder escapar das autoridades italianas, que notificaram seu sumiço em 23 de março. Ele estava preso na Itália desde 17 de outubro do ano passado com base em um mandado de detenção internacional emitido pela justiça de Nova York.

A premiê italiana disse que seu governo esclarecerá “anomalias” do caso. “Certamente o fato é bastante grave, falarei com o ministro Nordio quando voltar para entender como foram as coisas, certamente há anomalias”, disse Meloni.

“Acho que a principal anomalia é a decisão do tribunal de apelações de mantê-lo em prisão domiciliar por motivos questionáveis e manter a decisão mesmo depois de haver uma medida (a favor da) sua extradição. Então acho que o ministro estava certo em iniciar a ação disciplinar e, portanto, teremos que esclarecer as coisas”, acrescentou ela.

O Ministério da Justiça da Itália tinha o poder de solicitar que Uss Aleksandrovich permanecesse na prisão enquanto aguardava a extradição para os Estados Unidos, explicou o tribunal de apelações de Milão em um relatório sobre o caso.

Uss fugiu da Itália para a Rússia depois de saber da aprovação de sua extradição para os Estados Unidos, onde pode pegar até 30 anos de prisão sob a acusação de evasão de sanções e lavagem de dinheiro.

O empresário , que era procurado nos EUA por supostamente contrabandear tecnologia militar, agora está na Rússia, informou a agência de notícias Ria Novosti na semana passada. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 10h04
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.