Início » Câmara da Itália aprova lei que reduz de 25 para 18 anos idade mínima para votar ao Senado

Câmara da Itália aprova lei que reduz de 25 para 18 anos idade mínima para votar ao Senado

10 de junho de 2021 - Por Comunità Italiana
Câmara da Itália aprova lei que reduz de 25 para 18 anos idade mínima para votar ao Senado

A Câmara dos Deputados da Itália aprovou na quarta-feira (9), em segunda leitura, um projeto de emenda constitucional que reduz de 25 para 18 anos a idade mínima para poder votar para senador. O texto recebeu 405 votos a favor e cinco contrários, além de seis abstenções, e foi encaminhado para apreciação final do Senado. 

Caso seja aprovado sem modificações, o projeto só precisará da sanção do presidente Sergio Mattarella para entrar em vigor.

“Mais um passo adiante. Sei que parece absurdo, mas na Itália é preciso ter 25 anos para votar ao Senado”, escreveu no Twitter o ex-premiê Enrico Letta, líder do Partido Democrático, principal legenda de centro-esquerda do país.

A maioridade eleitoral de 25 anos vale apenas para eleições para o Senado, enquanto em todos os outros pleitos, inclusive para a Câmara, a idade mínima para votar é de 18 anos.

Como primeiros-ministros dependem de maioria parlamentar para governar, os jovens com menos de 25 anos têm apenas metade da influência nos destinos da política nacional do que o restante da população adulta. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários

ENQUETE

Loading poll ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • Sun Cloud
  • 14h59
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.